BARCELONA

BLOG

10 atrações imperdíveis de Menorca

10.09.2015

Conheça as 10 Atrações Imperdíveis de Menorca, além de dicas “bem quentinhas” – e até certo ponto indispensáveis – para te ajudar a planejar a sua próxima viagem para esse paraíso escondido.

 

 
Depois de apaixonar-se por Barcelona, as Ilhas Baleares aparecem na nossa vida.

Somos atraídos a conhecer a história de Mallorca, as baladas de Ibiza e a tranquilidade paradisíaca de Formentera.

Com vizinhos tão ilustres, Menorca acaba ficando um pouco esquecida.

Depois de desbravar Menorca nestes dois últimos anos, gostaria de compartir as 10 Atrações Imperdíveis de Menorca, além de dicas “bem quentinhas” – e até certo ponto indispensáveis – para te ajudar a planejar a sua próxima viagem para Menorca:

– Qual a melhor época para visitar? Como chegar?
– Em que parte da ilha hospedar-se? Onde ficar?
– É realmente necessário alugar carro? Existe alguma empresa que os residentes recomendam?
– Quais são as atrações e as praias imperdíveis?



1 - Melhor época para visitar 
O melhor de Menorca é sem dúvida as suas praias com águas cristalinas.
 

O tempo fica mais favorável entre Maio até Outubro, porém o ideal é tentar ir de Junho até Setembro.
 

Lembre-se que Menorca é a ilha balear que fica mais ao norte de todas, então a tendência é que o verão termine mais cedo – em comparação a Ibiza, Mallorca e Formentera.
 

Os meses de Julho e Agosto garantem uma maior probabilidade de céu azul, porém normalmente os preços das passagens, hospedagems e aluguel de carro ficam mais caros.
 

Já tive oportunidade de ir na última semana de Agosto (média de 24 a 30 graus) e na primeira semana de Setembro (média de 18 ate 26 graus)
 

Mesmo assim, é notável a diferença nas temperaturas, bem mais amenas em Setembro – e uma maior probabilidade de dias nublados ou chuvosos.

2 - Como chegar ? 
Sem dúvida, ir de avião é a melhor alternativa.
De Barcelona até o aeroporto de Mahon são apenas 55 minutos de vôo.
 

Um valor razoável para ir de avião, como parâmetro, é de 100 euros (ida e volta).
Se comprado com uma certa antecedência, o preço acaba saindo até mais barato.
 

As companias aéreas Vueling e Ryanair costumam oferecer as melhores tarifas, para quem sai desde Barcelona.
 

Existe uma lenda que ir de barco ou catamarã é mais econômico.
 

Na minha opinião não compensa, pelo preço e pelo tempo que demora a viagem.
 

A não ser que você queira levar o seu próprio carro ou moto, aí sim pode valer a pena – mesmo assim não deixe de fazer algumas contas, para ter certeza.

3 - Onde ficar ?
O grande atrativo de Menorca é conhecer o maior número de praias possíveis.
Existem mais de uma centena delas, algumas praticamente virgens.

 

Antes de decidir em que parte da ilha ficar, é necessário primeiro decidir se você vai alugar um carro.
 

No caso em que você esteja pensando somente usar transporte público, recomendo ficar no centro antigo que chama Ciutadella (ou nas suas proximidades).
 

Da Ciutadella partem todos os ônibus para as praias mais conhecidas.
 

Particularmente, fiquei as duas vezes na urbanização de Son Xoriguer, que fica a uns 10 minutos de carro da Ciutadella e 10 minutos caminhando de uma prainha linda Cala N’Boch.
 

Apesar de turístico, este bairro possui uma ampla oferta de resorts, hotéis e apartamentos com excelente custo benefício.

Dois lugares que fiquei e gostei bastante:
Hotel Princesa Playa (4 estrelas) => www.princesaplaya.net
Apartamentos Vila Julia => www.apartamentosvilajulia.com


4 – Onde alugar um carro ?
Visitar Menorca é respirar aventura: alugar um carro é praticamente obrigatório.
 

Apesar da rede de ônibus ser bastante funcional, as paradas ficam ainda muito distantes das praias.
 

Os residentes sempre recomendam alugar de uma empresa local ou familiar.
 

Além do preço ser bem mais barato, eles não escondem truques como a cobrança extra de seguros, adicionar um segundo motorista – ou gasolina a preços exorbitantes.
Opte sempre pela modalidade de Seguro Total, porque as trilhas de algumas praias são bem propícias a causar algum tipo de dano, principalmente embaixo do carro.

 

Outra dica legal é escolher a modalidade Tanque Cheio/Tanque Cheio (onde você mesmo enche o tanque do carro antes de devolver o carro).
 

Tive uma experiência muito boa que recomendo com a empresa Autos Victoria (www.autosvictoria.com).
 

É uma empresa familiar inglesa que trabalha hás mais de 20 anos na ilha.
 

Os carros são novos, os preços são ótimos e está tudo incluído no valor (seguro, segundo motorista, etc).
 

Você pega e entrega o carro diretamente no estacionamento do aeroporto de Mahon, facilitando bastante a logística da sua viagem.

5 – As atrações imperdíveis 
Neste ítem, criamos um TOP 10 Atrações Imperdíveis para facilitar a sua vida.
 

Em geral, as praias (ou calas) do sul de Menorca são as mais espetaculares: mar cristalino, areias finas e brancas.
 

Já as praias do norte da ilha costumam ter uma areia mais escura e as paisagens mais rochosas.

 

Outra dica legal: verificar com algum residente ou staff do hotel, se o vento está soprando de norte ou sul – porque dependendo disso – as condições das praias podem mudar consideravelmente. 
 


1. Cala de Macarella e Macarelleta (sul da ilha)
 

O paraíso existe.

 

É praticamente a praia mais famosa e certamente a primeira que você deve visitar.

 

Apesar da estrada ser um pouco apertada, quando você chegar não vai acreditar no que os seus olhos vão ver.

 

Se você vai na temporada alta, é sempre bom ir cedo para pegar um lugar no estacionamento e na própria praia de Macarelleta que é uma prainha que fica ao lado direito da praia Macarella. 

2. Fazer um Boat Tour pelas praias do Sul
 

 

Depois de conhecer a Cala Macarelleta, fica difícil achar outra praia que nos impressione.
 

Porém existem outras praias lindas como a Turqueta, Es Talayor, Mitjana que podem ser visitadas de carro.
 

Já a Cala Excorchada e Trebaluguer são praias mais virgens que exigem bastante caminhada.
 

Uma solução bem interessante é fazer um Boat Tour, onde eles passam por todas estas praias, de barco.
 

Tivemos uma experiência inesquecível com um tour da empresa Amigo (www.holidaylinesmenorca.com/ruta-01/).
 

Apesar de túristico, o passeio vale muito a pena, começando pelo preço: apenas 22 euros para 3,5 horas de passeio – com direito a ficar 1 hora na praia Trebaluguer, considerada a mais bonita por muitos residentes da ilha. 
 

3. Cala Binigaus (sul da ilha)

 

 

Para conhecer uma paisagem bastante especial no sul da ilha, a visita a Calla Binigaus é bastante interessante.

Ela é conhecida como praia de nudistas, porém existem paisagens e trilhas alucinantes que vai fazer você pelo menos, tirar o chapéu.



4. Cala Pregonda (norte da ilha)

 

 

A Cala Pregonda consegue combinar a beleza rochosa do norte da Ilha com as aguas cristalinas do sul.

 

Formando um paraíso único que vale a pena visitar.

 

Mesmo indo de carro, é necessário caminhar por uns 45 minutos, porém vale a pena passar o dia nesta praia, uma das minhas favoritas.

 

Não esqueça de levar lanches e petiscos, porque o restaurante e o banheiro ficam bem longe da praia.

 

5. Praia da Cavalleria (norte da ilha)

 

A praia da Cavalleria tem uma energia especial, um ar meio hippie e também é famosa pelos banhos de barro terapêutico. 

Descendo as escadarias de acesso, do seu lado direito você verá alguns banhistas cobrindo o corpo com uma especie de argila medicinal.

Se quiser experimentar, é conveniente levar um bikini, shorts e toalhas velhos, porque a pigmentação do barro é bastante forte e difícil de remover, mesmo após alguns dias.

Apesar de sujar bastante a pele es as suas roupas, é indiscutível que também lava a nossa alma.

Tente programar a sua visita duas ou três horas antes do pôr-do-sol, é quando a praia está no seu explendor.



6.Visitar a Ciutadella, o centro antigo da ilha 

 

 
A Ciutadella era o centro antigo da cidade, até a época da soberania inglesa na ilha (que mudou a capital para Mahón, logo depois da Guerra de Sucessão Espanhola, em 1713).

A Ciutadella lembra em alguns momentos o próprio Casco Antigo de Barcelona, com as suas ruazinhas estreitas em forma de labirinto.

O principal monumento é a Catedral de Menorca, é uma igreja gótica edificada no século XIV sobre uma antiga mesquita mulçumana.

A Ciutadella é um lugar sempre agitado, com os seus barzinhos, lojas e restaurantes – a sua iluminação durante as noites, a deixa ainda mais bonita.


7. Visitar Mahon, a capital atual de Menorca.
 

 
Como o Aeroporto de Menorca fica na capital atual da ilha – Mahon – uma boa dica é visitar Mahon nos dias próximos da sua chegada (ou de partida).

Ao contrário do que imaginamos, existem atrações incríveis que valem a pena conhecer em Mahon. 

Monumentos históricos que remetem a conquista catalã-aragonesa da ilha pelo Rey Alfonso III em 1287.

Além de lendas interessantíssimas, como a origem da receita da maionese (o nome viria supostamente da palavra Mahon) – e acredite ou não – as heranças de quando Mahón foi saqueada e queimada, pelo lendário pirata Barba Ruiva, em 1535.


8. Almoçar em um restaurante em Fornells.

 

 
Fornells é uma urbanização ao norte da ilha, com um caracter menos turístico e um lindo porto.

Por este motivo, tornou-se um dos lugares prediletos do frequentadores assíduos de Menorca (principalmente os espanhóis que possuem o seu próprio barco).

Para um turista, a experiência mais interessante em Fornells são os seus restaurantes.

Eles servem a famosa Caldereta de Lagosta, um dos pratos mais típicos, deliciosos e mais caros de Menorca (custa de 60 até 80 euros por pessoa).

Seria redundância mencionar a excelente qualidade de todos os outros frutos do mar.


9. Ver um pôr do sol ou pegar uma balada na Cova den Xoroi 

 


Você já imaginou como seria ir a uma balada dentro de uma caverna a beira mar?

A Cova den Xoroi oferece isso e mais um pouco. (www.covadenxoroi.com)

É uma experiência realmente única e imperdível – até mesmo para os menos baladeiros.

Se você prefere tranquilidade, o mais recomendado é chegar umas duas horas antes de anoitecer, quando o ambiente fica mais “lounge”, e o pôr-do-sol deixa a experiência ainda mais agradável.


10. Visitar os monumentos pré históricos 

 

 
Dia nublado ou chuviscando em Menorca?

Aproveite para conhecer um pouco da antiguidade da ilha.

Os primeiros habitantes são datados aproximadamente 5000 anos antes de Cristo.

Entre 3000 em 1500 AC, foram construídos monumentos do período pré-talayótico, como a Naveta del Tudon, que tem um formato de um “barco invertido” e constantemente utilizada para fins funerários.

Já o período talayótico ocorreu de 1500 e 123 AC – as construções mais interessantes são chamadas de Taula – com pedras gigantes e o seu formato de mesa, lembram bastante as pedras de Stonehenge, na Inglaterra.

Bom com isso nos despedimos, lembrando que as atrações de Menorca são praticamente como o horizonte de suas praias: infinitas!

Aluguel de caiaques, snorkling, stand up surf, trilhas de bicicleta, a pé ou a cavalos pelo Cami de Cavalls ( uma rota antiga que passa por todo o perímetro da ilha).

Novas experiências – que nos convidam sempre – a regressar!


 

 

 

 

 

 


 


 

 


verificar com algum residente ou staff do hotel, se o vento está soprando de norte ou sul – porque dependendo disso – as condições das praias podem mudar consideravelmente.


 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Tours Destacados
Conheça a Barcelona que não esta nos guias de viagem!
Posts Destacados

A Praia de Barceloneta

15/08/2019

1/7
Please reload

Siga a gente no Facebook!
Arquivo
Please reload

Etiquetas

Também podemos recomendar:

Transfers
Do Aeroporto para o Hotel ou
do Hotel para o Aeroporto 
 
Entradas do Barça
Consiga assentos juntos para os principais jogos do Barça!
 
Shows de Flamenco
Em um palacio medieval
ou em uma taverna local!